Chico Buarque em Curitiba (3/8/2018)
Música

Chico Buarque em Curitiba (3/8/2018)

5 de agosto de 2018 2

Já li, ou vi, alguns depoimentos de pessoas mais velhas falando sobre a verdadeira emoção que tinham ao abrir um LP novo: o cheiro, cortar o plástico, colocar o disco para rodar, essas coisas todas.

Outra coisa que muitas vezes é lembrada por antigos amantes de LP é ler, no encarte, as letras e as fichas técnicas: saber quem tocou cada instrumento em cada faixa do disco era uma atividade comum naqueles tempos em que o tempo parecia andar mais lentamente do que hoje. Pois eu fiz isso com os discos de Chico Buarque até, mais ou menos, o disco homônimo de 1984, que tinha “Vai Passar” e “Brejo da Cruz”. Mais ainda, eu decorava as letras do grande cantor brasileiro e saía por aí me exibindo e cantando, de cor, suas músicas. Depois dessa época fui deixando de lado não só o Chico Buarque, como a MPB de um modo geral.

Nunca tinha ido assistir a um show do cantor, até que a minha filha Teresa, que é fã sem minha influência, quis assistir ao espetáculo dele sexta-feira passada, e eu fui junto.

Como basicamente não conheço as canções das últimas décadas de Chico Buarque e o espetáculo, “Caravanas”, engloba produções de sua carreira espalhadas ao longo dos anos, acho que conhecia cerca de metade das músicas que ele cantou no Teatro Guaíra. Gostei muito de várias canções apresentadas, e bem menos de outras tantas – e isso valeu tanto para as que eu conhecia como para as desconhecidas.

Chico Buarque continua praticamente com a mesma voz que sempre teve, fala bem pouco durante o show, os instrumentistas são competentes: o espetáculo foi muito tranquilo.

O público, este, estava inebriado – incluindo aí minha filha. Fiquei meio chateado comigo mesmo por não me sensibilizar muito com a grande maioria das letras dele – ponto forte de sua carreira musical, né?

(foto que acompanha o texto: Gazeta do Povo)

0

There are 2 comments

  • Rui Souza Valadares disse:

    Ola Fabricio,
    Achei esse site pelo google. Eu sou muito saudosista de ler e interagir com encartes. Vejo essas plataformas de streaming devendo nessa parte, poderiam disponibilizar um pdf do encarte…
    Adorei seu blog e seu site de trabalho, achei eles muito bem desenvolvidos. Abraços

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *