Dois livros de capa laranja
Religião
Dois livros de capa laranja
25 de fevereiro de 2024 0
Os dois livros que estão na foto que acompanha este texto, “Autobiografia de um Iogue”, de Paramahansa Yogananda (Self-Realization Fellowship, 648 páginas, sem indicação de tradução, lançado originalmente em 1946) e “Padre Pio: um santo entre nós”, de Renzo Allegri (Paulinas, 616 páginas, tradução de Maria do Rosário de Castro Pernas, lançado originalmente em 1968) […]
Leia mais +
Livros que minha mãe amava: 4. “Dom Casmurro”, de Machado de Assis
Literatura
Livros que minha mãe amava: 4. “Dom Casmurro”, de Machado de Assis
21 de fevereiro de 2024 0
Lembro como se fosse hoje. Minha mãe trabalhava na firma do meu pai, e um dia eu estava na sala dela. Tinha uma prateleira com poucos livros e, no meio destes, havia três livros grossos, belíssimos, em papel-bíblia, mas que não eram a Bíblia. Era uma edição das “Obras Completas de Machado de Assis”, da […]
Leia mais +
Livros que minha mãe amava: 3.”Diário de uma Ilusão”, de Philip Roth
Literatura
Livros que minha mãe amava: 3.”Diário de uma Ilusão”, de Philip Roth
14 de janeiro de 2024 0
Minha mãe amava Philip Roth. Sempre repetia que adorava suas histórias de “homens judeus” – que muitas muitas vezes também são escritores. Durante um bom tempo, foi o escritor preferido dela ao lado de John Updike – e os dois realmente têm muito em comum: estilo límpido, histórias com personagens da classe média americana do […]
Leia mais +
Livros que minha mãe amava: 2. “Atos de Amor”, de Elia Kazan
Literatura
Livros que minha mãe amava: 2. “Atos de Amor”, de Elia Kazan
24 de dezembro de 2023 0
Minha mãe adorava James Dean. Desde criança ela me falava deste ator que morreu muito jovem, num acidente, e que tinha trabalhado em apenas três filmes: “Juventude Transviada”, “Vidas Amargas” e “Assim Caminha a Humanidade”. Uma história que ela adorava contar era sobre uma amiga que dizia que ‘Giant” (o nome original do filme) significava, […]
Leia mais +
Livros que minha mãe amava: 1. “O filho eterno”, de Cristóvão Tezza
Literatura
Livros que minha mãe amava: 1. “O filho eterno”, de Cristóvão Tezza
3 de dezembro de 2023 0
Gosto de ler basicamente por causa da minha mãe. Foi ela que sempre me incentivou à leitura, e passamos boa parte da vida trocando indicações sobre livros. Na adolescência, em geral, eu não gostava muito das obras que ela me recomendava, e o inverso quase sempre também era verdadeiro. Só com a idade adulta comecei […]
Leia mais +
Visitas ao passado
História, Música
Visitas ao passado
29 de outubro de 2023 0
Acho que a maioria das pessoas que gosta de História já se imaginou voltando no tempo e vivendo, por pouco tempo que seja, na sua época preferida do passado. Sim, já imaginei como seria visitar Roma no tempo de Nero, a Itália no ápice do período etrusco (século VI a.C.), o Peru no auge do […]
Leia mais +
Livros lidos recentemente
Literatura
Livros lidos recentemente
8 de outubro de 2023 0
O primeiro livro comentado neste texto é “Cloro”, de Alexandre Vidal Porto (Companhia das Letras, 127 páginas). Diplomata, o autor escreveu a história, com fortes tintas autobiográficas (segundo o próprio Vidal Porto), de um advogado bem-sucedido que resolve dar uma chance para seu homossexualismo latente desde a infância. O romance que, como “Memórias Póstumas de […]
Leia mais +
Três romances para reler
Literatura
Três romances para reler
10 de setembro de 2023 1
É meio que um mistério isso. Só costumo reler ficção quando não lembro nada do livro – normalmente no caso de obras que li muito novo, e quando algo me diz que não custaria nada ter uma ideia do que eu tinha lido. Entre os muitos autores de livros relidos nesta categoria eu posso citar […]
Leia mais +