“A Cabeça de Um Homem”, de Georges Simenon
Literatura

“A Cabeça de Um Homem”, de Georges Simenon

12 de maio de 2017 0

Escrevi há quase um ano que “a cada tantos meses eu começo a pensar que ‘já tem muito tempo’ que não leio nenhum livro de Georges Simenon”. E que “quando a ‘coceira’ começa a incomodar, leio o mais rapidamente possível um de seus curtos romances, fico quase que inevitavelmente satisfeito e espero a próxima ‘coceira’ chegar – para mais uma nova alegria, claro. ”

A “coceira” me voltou recentemente, e li rapidamente “A Cabeça de Um Homem” (Companhia das Letras, 129 páginas). Neste livro originalmente publicado em 1931, o Inspetor Maigret se arrepende de ter mandado para a cadeia um rapaz com limitações mentais acusado de um assassinato brutal, e que seria executado proximamente. Maigret apronta de tudo para tentar provar a inocência do rapaz, apelando inclusive para atitudes francamente ilegais, como a libertação temporária do suspeito. Em suas investigações ele encontra expatriados americanos ricos e o principal personagem do romance, Radek, um tcheco ruivo, inteligentíssimo e quebrado financeiramente. Acho que Simenon (1903-1989) quis criar em Radek um personagem complexo e profundo, mas para mim sua caracterização ficou meio exagerada.

O que importa? Eu sei que logo a minha “coceira Simenon” volta, e vou sentir a alegria que sempre sinto ao ler os livros deste belga genial.

0

There are 0 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *