Nick Hornby

Rápidos comentários sobre livros lidos – 9
Literatura
Rápidos comentários sobre livros lidos – 9
5 de novembro de 2015 at 01:47 0
Febre de bola (Editora Rocco) é o primeiro livro de Nick Hornby, e é uma leitura deliciosa. Ele conta a paixão do autor pelo Arsenal, equipe de futebol londrina. O titulo de cada capítulo é a data e as equipes participantes de uma dada partida. Nick Hornby se concentra principalmente na relação daquele jogo  com algum acontecimento, de caráter pessoal ou não. Assim, ele faz comentários sobre os trágicos acontecimentos dos estádios de Heysel (quando dezenas de torcedores italianos foram mortos espezinhados por hooligans ingleses, na Bélgica, em 1985) e de Hillsborough (quando 96 torcedores ingleses foram mortos esmagados, em 1996), a vitória brasileira na Copa de 1970 ou o racismo nos estádios ingleses. Mas o que torna o livro especialmente saboroso são os comentários de Hornby sobre sua vida pessoal: os temas principais são o seu próprio fanatismo desvairado, qual o papel do futebol na relação com as pessoas próximas (o meio-irmão, o melhor amigo, o pai, a namorada), como foi a carreira de Nick Hornby como torcedor de outra equipe, o Cambridge United (que passou por várias divisões na Liga Inglesa, sempre abaixo da primeira). (mais…)
Leia mais +
Rápidos comentários sobre livros lidos – 8
Literatura
Rápidos comentários sobre livros lidos – 8
3 de novembro de 2015 at 01:30 0
Uma pena que o primeiro livro J.M.G. Le Clézio, prêmio Nobel de Literatura de 2008, sobre o qual escrevo seja Révolutions (Gallimard). Sou um grande admirador do autor, e gostava de seus livros antes mesmo de ele ter recebido o Nobel. Suas obras frequentemente têm longos períodos em que nada parece acontecer, mas os finais são tão bonitos que fazem com que o todo faça sentido. Seus livros são plenos de bons sentimentos e poesia - mas nunca sentimentaloides ou apelativos. (mais…)
Leia mais +
Rápidos comentários sobre livros lidos – 2
Literatura
Rápidos comentários sobre livros lidos – 2
3 de Maio de 2015 at 21:20 0
Austerlitz, de W.G.Sebald (Companhia das Letras): Austerlitz é um sujeito de grande cultura geral, que fascina o personagem que é o narrador deste espetacular romance do alemão W.G.Sebald, falecido em 2001. Os encontros do narrador com Austerlitz acontecem meio aleatoriamente, em períodos muitos espaçados  e em diferentes países da Europa. Os comentários sobre arquitetura, arte e literatura de Austerlitz são profundos e interessantes. (mais…)
Leia mais +
Rápidos comentários sobre livros lidos
Literatura
Rápidos comentários sobre livros lidos
4 de Abril de 2015 at 04:09 0

La peste (de Albert Camus, Folio): A cidade argelina de Oran, na época da colonização francesa, sofre os efeitos de uma terrível peste. A população necessita ficar de quarentena, sem nenhum contato com o mundo exterior. Neste livro aparentemente frio, a responsabilidade individual é a grande questão em pauta. (10/10)

(mais…)
Leia mais +