nazismo

O Gueto de Varsóvia
História
O Gueto de Varsóvia
12 de Abril de 2016 at 08:28 0
O Gueto de Varsóvia foi um dos episódios mais tristemente célebres do Holocausto: não só porque representou a eliminação de um número muito grande de pessoas, como também pela inédita resistência judaica contra os opressores nazistas. (mais…)
Leia mais +
Claus Schenk Graf von Stauffenberg
História
Claus Schenk Graf von Stauffenberg
16 de Março de 2016 at 08:57 0
A resistência anti-nazista alemã dentro do exército
(mais…)
Leia mais +
Conferência de Wannsee
História
Conferência de Wannsee
5 de Fevereiro de 2016 at 15:03 0
Centenas de milhares de judeus, principalmente na União Soviética, já tinham sido assassinados em 20 de janeiro de 1942. Entretanto, esta data é um marco: o nacional-socialismo, que já era uma das ditaduras mais cruéis da História, a partir de então passa a patrocinar o espetáculo mais dantesco de todos os tempos, algo que envergonha a humanidade até hoje, não importando se a pessoa é nazista ou não. (mais…)
Leia mais +
A noite dos longos punhais
História
A noite dos longos punhais
5 de Fevereiro de 2016 at 14:57 0
o que e quando De 30 de junho a 2 de julho de 1934 a Alemanha viveu sua “Noite dos Longos Punhais”, o primeiro grande expurgo do Regime Nazista. (mais…)
Leia mais +
Texto sobre o nazismo escrito em 2002
História
Texto sobre o nazismo escrito em 2002
1 de Fevereiro de 2016 at 08:31 0
Uma coisa é saber que seis milhões de judeus foram mortos assassinados pelo Nazismo. Outra coisa é saber que no cerco da cidade polonesa de Lomazy os nazistas pegaram 25 judeus idosos, deixaram-nos nus, e obrigaram-nos a rastejar. Então todos os oficiais da companhia começaram a espancá-los impiedosamente com pedaços de pau. Só foram executá-los depois, quando os idosos já estavam quase mortos (Os carrascos voluntários de Hitler, Daniel Godhagen) (mais…)
Leia mais +
História: Outros lados
História
História: Outros lados
6 de outubro de 2015 at 01:06 0
O regime nazista, comandado por Adolf Hitler na Alemanha, foi um dos mais brutais de todos os tempos, senão o mais brutal: não só provocou a Segunda Guerra Mundial como assassinou friamente, fora dos campos de batalha, cerca de seis milhões de judeus, quinhentos mil ciganos e cinco milhões de pessoas de outras etnias. Toda esta barbárie ainda chama muito a atenção dos historiadores e do público em geral, e novos lançamentos de história e de ficção abordam diferentes aspectos do regime nacional-socialista. (mais…)
Leia mais +