Descoberta
Impressões
Descoberta
25 de abril de 2015 0

Noite passada eu sonhei que a amava imensamente.

Apenas depois de um bom tempo acordado descobri que o sonho era real, e não todas aquelas contínuas ilusões que costumo chamar de meus sentimentos.

(texto escrito em 2002)

Leia mais +
A bela cidade e Rondó, de Georg Trakl
Traduções
A bela cidade e Rondó, de Georg Trakl
24 de abril de 2015 0
A bela cidade  Velhos lugares no sol e no silêncio. Profundamente entrelaçados de ouro e de azul, Sonhadoras se apressam doces freiras Sob as faias pesadas de silêncio. (mais…)
Leia mais +
Rápidos comentários sobre livros lidos – 1
Literatura
Rápidos comentários sobre livros lidos – 1
23 de abril de 2015 0

Não há dúvida de que Os detetives selvagens, de Roberto Bolaño (Companhia das Letras), seja um romance bem executado, como quer Sérgio Rodrigues aqui. A primeira e a terceira partes deste extenso romance (624 páginas) são os diários do personagem García Madero, que tratam, entre outros temas, de dois poetas, Ulises Lima e Arturo Belano, e sobre a procura deles pela poetisa Cesárea Tinajero. Na segunda – e maior – parte um enorme número de pessoas conta suas histórias e dá depoimentos sobre os mesmos Ulises Lima e Arturo Belano. (mais…)

Leia mais +
Dez na Área, um na Banheira e Ninguém no Gol – Volume 1, de vários autores
Esporte
Dez na Área, um na Banheira e Ninguém no Gol – Volume 1, de vários autores
22 de abril de 2015 0
Segundo o ex-jogador e atual comentarista Tostão, "o grande craque é o que simplifica, define logo a jogada. Antes da bola chegar, já sabe o que vai fazer com ela. Não perde tempo com detalhes inúteis. Assim é também o cartunista, desenhista e contador de histórias em quadrinhos. O desenho e as poucas palavras - ou nenhuma – informam, analisam e nos divertem". (mais…)
Leia mais +
“Estilhaços: Minigâncias, Digressões e Batocaços”, de Marcelo Backes
Literatura
“Estilhaços: Minigâncias, Digressões e Batocaços”, de Marcelo Backes
21 de abril de 2015 0
Segundo o dicionário Houaiss, aforismo é um texto curto e sucinto, fundamento de um estilo fragmentário e assistemático na escrita filosófica, geralmente relacionado a uma reflexão de natureza prática ou moral. Este tipo de sentença, bastante utilizado por filósofos alemães como Nietzsche, é utilizado extensivamente no livro "Estilhaços: Minigâncias, Digressões e Batocaços", do escritor, crítico literário gaúcho Marcelo Backes (Record, 173 páginas, R$ 28,90 em média).  (mais…)
Leia mais +
“Realeza” & “Democracia”, de Jean Arthur Rimbaud
Traduções
“Realeza” & “Democracia”, de Jean Arthur Rimbaud
20 de abril de 2015 0
Realeza Numa bela manhã, numa terra de um povo muito gentil, um homem e mulher magníficos gritavam em praça pública. "Meus amigos, eu quero que ela seja rainha!" "Eu quero ser rainha!" Ela ria e tremia. Ele falava aos amigos de revelação, de prova superada. Eles desfaleciam, um contra o outro. (mais…)
Leia mais +

Entre as mulheres tu avanças,

Teu sorriso frequentemente se angustia:

Eles vieram, os dias de medo.

Branca sobre a sebe a papoula morre.

 

Como teu corpo com um inchar tão bonito

A vinha de ouro amadurece sobre a colina.

Cintila ao longe o espelho da lagoa

E bate a foice nos campos.

 

Nas sarças correm os orvalhos

Vermelhas as folhas escoam até a terra.

Para saudar sua mulher querida

Um Mouro, moreno e rude se aproxima.

 

(Maternidade bendita, de Georg Trakl – traduzido da versão francesa de Jacques Legrand)

Maternidade bendita, de Georg Trakl
Engenharia
Artigo: Dois modelos de desagregação de vazões mensais em diárias
18 de abril de 2015 0

No link abaixo você pode baixar o artigo "Dois modelos de desagregação de vazões mensais em diárias", publicado em 1998 na Revista Brasileira de Recursos Hídricos (v. 3, p. 30-50).

Leia mais +