“Em Louvor da Sombra”, de Junichiro Tanizaki
Literatura

“Em Louvor da Sombra”, de Junichiro Tanizaki

13 de Maio de 2018 0

Já tinha acontecido isso comigo com “O Jardim Secreto”, de  Frances Hodgson Burnett: vi numa livraria uma edição da editora Penguin-Companhia das Letras (já tinha comentado sobre a editora por aqui), especializada em clássicos da literatura, e resolvi comprar um livro de um autor de quem eu nunca tinha ouvido falar. Neste caso o escolhido foi o pequeno ensaio (72 páginas) “Em Louvor da Sombra”, do escritor japonês Junichiro Tanizaki; depois acabei descobrindo que o autor é um dos mais importantes da moderna literatura japonesa, com várias obras publicadas no Brasil.

Como no caso de “O Jardim Secreto”, fiquei extremamente satisfeito com a leitura de “Em Louvor da Sombra”. A tese de Tanizaki é que a tradição oriental é de sombras, enquanto que a ocidental é de luz e, para corroborá-la, ele dá diversos exemplos: os objetos de prata costumam ser polidos no Ocidente, e deixados para escurecer naturalmente pelo tempo no Japão; as casas são iluminadas ao máximo no Ocidente e têm diversos pontos escuros, obtidos de maneira intencional, no Oriente; até os banheiros têm voluntariamente pouca luz nas construções do Japão tradicional. Conforme apresentado na contracapa do livro, no Oriente “a gordura das mãos e a ferrugem acumulada sobre os objetos mostram a passagem do tempo e representam, portanto, as histórias que eles carregam”.

“Em Louvor da Sombra” é tão fascinante – e tão curtinho – que não vou falar mais nada: se você se interessa pela comparação entre as culturas do Oriente e do Ocidente, recomendo que você dê um jeito e leia esta pequena obra-prima.

0

There are 0 comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *