Música

Melhores músicas de 2017
Música
Melhores músicas de 2017
13 de dezembro de 2017 at 09:29 0
Minha listinha de melhores músicas de 2017, com os correspondentes links para o YouTube: (mais…)
Leia mais +
Texto antigo sobre “A Crow Left Of The Murder”, do Incubus
Música
Texto antigo sobre “A Crow Left Of The Murder”, do Incubus
4 de dezembro de 2017 at 16:18 0
Banda californiana formada no início dos anos 90, o Incubus despontou para o sucesso quando começou a excursionar com grupos como Limp Bizkit, Coal Chamber, Korn e Papa Roach - e deve ser por isto que alguns ainda insistem em colocar o rótulo de nü metal neles. Se nos primeiros e mais pesados álbuns da banda (Fungus Amongus e S.C.I.E.N.C.E, respectivamente de 1995 e 1997) este epíteto já não lhes cabia direito dada a multiplicidade de influências, os subseqüentes (Make Yourself e Morning View, de 1999 e 2001) definitivamente não podem ser chamados de discos de "novo metal". Ambos são bons discos de rock, com bastante punch e que não apresentam as características do estilo que a crítica ama odiar. (mais…)
Leia mais +
Justin Bieber – Allianz Parque, São Paulo (1/4/2017)
Música
Justin Bieber – Allianz Parque, São Paulo (1/4/2017)
8 de novembro de 2017 at 17:13 0
Foi com “Purpose”, disco de novembro de 2015, que Justin Bieber começou a querer ser tratado como um artista sério. Seu quarto álbum de estúdio é uma deliciosa mistura de faixas dançantes (“Get Used To It”, “Been You”), melancólicas (“Trust”, “Life Is Worth Living”, “Purpose”), delicadas (“What Do You Mean”, “Children”). O melhor são as mais viajantes, em que a rica produção musical parece querer levar o ouvinte para um lugar distante e bonito (“The Feeling”, “Where Are Ü Now”, com Jack Ü, “I’ll Show You”). Tudo isto com a belíssima interpretação de Justin Bieber, cantor de recursos vocais limitados, mas de timbre único. (mais…)
Leia mais +
Minhas músicas preferidas: 5. “The Way”, de Ariana Grande (feat Mac Miller)
Música
Minhas músicas preferidas: 5. “The Way”, de Ariana Grande (feat Mac Miller)
5 de novembro de 2017 at 13:37 0
Existem músicas do Morrissey que eu não curto. Existem músicas do Bones que eu não curto. Músicas dos $uicideboy$ que eu não curto. Músicas dos Stone Roses que eu não curto. Músicas do The Weeknd que eu não curto. Nada demais, né? Todo o mundo não curte algumas faixas de seus músicos preferidos. (mais…)
Leia mais +
Texto antigo sobre dois DVDs de Morrissey
Música
Texto antigo sobre dois DVDs de Morrissey
1 de novembro de 2017 at 10:54 0
É interessante observar as diferenças existentes entre os dois DVDs com videoclipes de Morrissey lançados recentemente no Brasil pela EMI.  (mais…)
Leia mais +
“Unrendered”, de Bones
Música
“Unrendered”, de Bones
22 de outubro de 2017 at 18:28 0
Lembro nitidamente do impacto da primeira audição das três primeiras faixas (sem contar a vinheta inicial, “Importing”) da mixtape “Unrendered”, lançada por Bones em abril de 2017: “CtrAltDelete” (em que ele canta “eu prefiro ser aquele que eles odeiam do que aquele que eles acham que é amigável”, frase muito mais verdadeira que qualquer “Imagine” da vida), “SystemPreferences” e “MissingProjectFiles”: a primeira é uma das melhores músicas de toda a carreira do rapper, com um tema melancólico inesquecível ao fundo; a segunda é um rap de impacto hipnótico que Bones faz como ninguém; e a terceira tem uma levada repetitiva e suave que faz com que o ouvinte tenha vontade de colocá-la no repeat por dias. Sem exagero, um LP só com essas três faixas bastaria (e como!) para justificar seu lançamento. E tem os clipes, claro: no sensacional “TakingOutTheTrash”, gravado de maneira convencional, Bones anda em meio à sujeira embaixo de um viaduto – parece São Paulo, aliás – enquanto canta que nunca usa Xanax porque “comprimidos são para otários” – o que deixou $crim, dos $uicideboy$, irritado porque achou que esta era uma indireta de Bones à sua (maravilhosa, na minha opinião) banda; já “SunnyDay” mostra Bones, em VHS, num casarão que deve ser aquele em que está morando em Los Angeles: sim, o homem ficou rico (e não foi por falta de torcida minha!) e agora vai fazer turnês pela Rússia e União Europeia. (mais…)
Leia mais +
Minhas músicas preferidas: 6. “Ontzieling”, do Wiegedood
Música
Minhas músicas preferidas: 6. “Ontzieling”, do Wiegedood
6 de setembro de 2017 at 23:17 0
A culpa é do Bones. A primeira música que ouvi do rapper – juntamente com o primeiro clipe – foi “Casey Jones” e a minha impressão, profunda, foi imediata. Isto já faz mais de três anos. Sua obra é tão vasta e impressionante que, à medida que eu ia escutando mais e mais Bones, passei a ouvir outras coisas na mesma linha – notadamente $uicideboy$ e Ashley All Day - e fui deixando de lado os estilos que eu mais curtia na época, o metal e o jazz. Assim, para mim foi uma surpresa quando, recomendado pelo meu amigo Pedro Alves, recentemente fui dar uma conferida no clipe da música “Ontzieling”, da banda belga de black metal Wiegedood - e fiquei embasbacado. Sim, o vídeo, escuro, no qual um sujeito encapuzado e solitário monta um estranho símbolo de madeira (o mesmo que acompanha este texto), lembra os melhores de Bones. Mas o melhor da coisa era mesmo a música: um black metal violento, agressivo, com uma bela melodia ao fundo e um vocal profundo, berrado e assustador - melhor, basicamente, que todo o black metal que eu já tinha ouvido antes, e olha que já ouvi muito black metal nesta vida. (mais…)
Leia mais +